Inquietaria

Pense como um empreendedor e transforme a sua carreira em um negócio de sucesso!

Tempo de leitura

Empreendedores são as pessoas mais felizes do planeta. É o que afirmam algumas pesquisas, como a Global Entrepreneurship Monitor, de 2013, que entrevistou 200 mil pessoas ao redor do mundo e descobriu que empreendedores se dizem mais satisfeitos e felizes do que pessoas que têm um emprego. Isso não significa que você precisa largar tudo e abrir o próprio negócio, nada disso. Mas sim ter maior clareza sobre o seu propósito, mais satisfação nas pequenas conquistas profissionais e constante motivação para trabalhar duro (afinal, você estará se dedicando em prol da sua própria “empresa”). Com isso, além de ser uma pessoa mais feliz, você com certeza organizará as suas finanças de uma forma muito mais produtiva!

Vamos te mostrar como levar este mindset empreendedor para a sua carreira e mudar a maneira como você pensa o seu trabalho!

missão

Saiba a sua missão e os seus valores

Todas as empresas têm os seus valores e a sua missão bem definidos que as identificam, as diferenciam e norteiam a maneira como elas irão trabalhar. Mas o que isso tem a ver com você? Como empreendedor da sua própria carreira, você pode aproveitar estes conceitos para encontrar um propósito na sua vida profissional.

Segundo Dalton Valeriano, autor do livro Gerenciamento Estratégico e Administração por Projetos, “a missão é, em essência, o propósito da organização”. E aí, qual é o propósito, a missão, da sua carreira? Bem, você pode fazer algumas perguntas para encontrá-lo. Você quer tornar o mundo um lugar melhor para os seus filhos? Quer ser o melhor profissional da sua área? Quer criar produtos que ajudem a melhorar a vida das pessoas? Este propósito pode ser mais “idealizado”.

Já os valores são, segundo E. Spranger, autor do livro Types of Men: The psychology and ethics of personality, “um conjunto de gostos, pontos de vista, preferências internas, julgamentos racionais e irracionais, preconceitos e padrões de associação que determinam a visão de mundo de um indivíduo”.

Hoje em dia, as empresas fazem suas contratações pensando em fit cultural, ou seja, procuram candidatos que tenham valores semelhantes aos da empresa. Isso significa pessoas trabalhando com mais motivação e engajamento, e não que você precisa esperar que uma empresa avalie os seus valores e decida se quer ou não te contratar; seja proativo na sua carreira. Uma ótima maneira de fazer isso é preenchendo o seu 99match, um teste que avalia os seus valores e mostra quais empresas e oportunidades da 99Jobs têm mais a ver com você. E, como disse Tim Cook, CEO da Apple, “não assuma que você tem que sacrificar os seus valores por um bom salário”.

objetivos

Tenha um objetivo e defina as suas metas

Você já sabe quais são os seus propósitos (missão) e valores. Agora, é hora de definir o seu objetivo, ou seja, o lugar realista e palpável no qual você quer chegar. Por exemplo: se o seu propósito é trabalhar em uma das melhores companhias de tecnologia do mundo, o seu objetivo pode ser ter um cargo de liderança no Google. Não precisa pensar pequeno, mas saiba que quanto maior for o seu objetivo, mais trabalho duro você terá para conquistá-lo.

Agora pense nas suas metas, que são as tarefas específicas que você precisará realizar para alcançar o seu objetivo. Elas precisam ter um prazo definido, para você saber em quanto tempo concluirá cada uma e ter maior controle sobre a sua carreira. Vale a pena conversar com pessoas que têm um cargo o qual você almeja para entender como elas chegaram lá, que caminho  percorreram e que desafios enfrentaram, para você ter uma noção de quais poderão ser suas metas e seus obstáculos.

Por exemplo, pensando no exemplo do Google, você pode definir que, para tentar uma vaga na empresa, precisa antes trabalhar em uma startup de tecnologia para ter experiência, aprender a falar inglês fluentemente, fazer um curso de programação, tirar a certificação do Google etc., tudo isso em um prazo de 5 anos – estas são as suas metas.

financas

Administre as suas finanças como um verdadeiro tesoureiro de empresa

Muita gente tem medo de matemática financeira, acha que é um bicho de sete cabeças, mas a verdade é que é bem simples criar uma planilha para controlar o seu dinheiro e aproveitar o máximo dele! Para isso, você precisa pensar como um verdadeiro empreendedor: o seu trabalho precisa dar lucro, ou então o seu negócio não será viável.

Pense no seu salário como a receita bruta do seu empreendimento. Subtraia dele os gastos fixos, ou seja, contas, alimentação, transporte, algo que você pague mensalmente e um valor pré-definido para você gastar com o que quiser (não vale ultrapassar o que você estipular). O que sobrar será o lucro do seu negócio. Este é o dinheiro que você usará para reinvestir na sua carreira, pagar cursos, comprar ferramentas e fazer uma reserva para os momentos de crise. Defina uma porcentagem fixa do seu lucro para investir e para reservar.

Por exemplo: se você ganha R$ 3.000 e paga R$ 1.000 de gastos fixos, você terá R$ 2.000 de lucro, dos quais você poderá investir 25% em cursos (R$ 500) e vai guardar 25% para reserva (R$ 500). Você terá ao fim do mês um lucro líquido de R$ 1.000. 🙂

plano-de-negocios

Faça um plano de negócio

Um plano de negócios é um documento que agrupa todas as características de uma empresa, os seus objetivos, as metas, a missão, os valores, toda a parte financeira, ou seja, tudo o que já falamos acima. Coloque tudo o que você pensou para a sua carreira neste plano e guarde-o para quando você precisar consultar alguma informação ou atualizar a planilha financeira.

Se você não sabe o que é um plano de negócios, recomendamos a leitura do material elaborado pelo SEBRAE sobre o assunto, pois além de ser muito útil para fazer o planejamento da sua carreira, também te trará conceitos de empreendedorismo que poderão acrescentar muito no seu conhecimento do mercado como um todo.

trabalhe-duro

Trabalhe duro (mas tipo, duro meeeesmo)

Existe um mito que permeia o mundo do “fazer o que ama” e “montar o próprio negócio”. As pessoas acham que, uma vez estando em uma destas duas situações, elas irão trabalhar menos, fazer só o que quiserem e nunca mais responder para ninguém. Bem, isso não é verdade. É claro que o seu nível de satisfação profissional e pessoal estará elevadíssimo, você se sentirá mais feliz e motivado, mas não pense que irá fugir do trabalho duro e de diversas responsabilidades! Você ainda precisará do trabalho de outras pessoas, ainda terá de fazer tarefas “chatas” de vez em quando e nem sempre as coisas vão sair do jeito que você planejou. Mas não desista! Você será o dono da sua própria carreira, é hora de ralar mais do que nunca.

Adote a mentalidade de um empreendedor: pense no trabalho como uma forma de desenvolver o seu negócio (carreira), invista parte do lucro nele para crescer ainda mais, seja comprometido, se responsabilize pelos seus erros e comemore os acertos! Você sabe quais são os seus objetivos e tem claro todas as tarefas que precisa realizar para chegar lá. Você tem controle da sua vida financeira e está investindo parte do seu salário para se desenvolver ainda mais! Agora é o momento de arregaçar as mangas e garantir o sucesso do seu negócio, ou seja, da sua carreira!

Descubra o que você ama

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
9

Tags:

Cuida de comunicação e conteúdo na 99jobs, acha estranho falar dela mesma na 3ª pessoa (ué, acho mesmo), sabe de tudo (ou procura no Google) e adora ficar nesse eterno gerúndio 24/7 chamado internet!


Queremos te conhecer melhor. Topa responder 4 perguntas sobre quem é você?

Leva só 1 minuto e 46 segundos :)