Inquietaria

Rails Girls Floripa: um evento de garotas programadoras

Tempo de leitura

As garotas estão conquistando o seu lugar na programação, e o Rails Girls é um grande responsável por isso. O evento, que nasceu na Finlândia e hoje está espalhado no mundo todo, tem o intuito de ensinar meninas que possuem pouco conhecimento em programação a desenvolver um projeto utilizando o framework Rails. Florianópolis recebeu a sua primeira edição e a 99jobs apoiou este evento, claro! 😉

Aconteceu nos dias 2 e 3 de dezembro. Mais de 30 meninas se juntaram para aprender, programar e conquistar seu espaço no mercado de tecnologia. A ideia foi de um dos colaboradores da Resultados Digitais, a empresa organizadora do evento. Ricardo Caldeira, que já havia participado do evento em outras cidades, comentou com as meninas da RD e todo mundo topou fazer uma edição em Florianópolis.

O evento contou com palestra das desenvolvedoras Alda Rocha, Karla Garcia e Jeliel Mendes, que falaram sobre as mulheres e a diversidade no ambiente de trabalho do mundo tech!

railsgirls2

E por que a 99jobs apoiou o evento?

Bem, primeiro, a gente apoia qualquer evento que promova a diversidade de gêneros no ambiente de trabalho – e na vida, claro! Sem contar que a nossa equipe de desenvolvedores conta com duas super representantes das mulheres, que fizeram questão de dizer o que acham de eventos como o Rails Girls.

“O Rails Girls é um evento incrível, em 2012 pude contribuir na organização do primeiro evento em São Paulo realizado na sede da Locaweb, e ano passado como coach no evento realizado no Bank Fácil. Para mim, o mais bacana é ver as  meninas/mulheres trabalhando em equipe, compartilhando histórias e desenvolvendo os seus projetinhos como um time. No final é muito legal ver algumas das participantes inspiradas a seguir uma carreira na programação e quebrar um pouco o estigma de essa ser uma área muito masculina”, falou a nossa desenvolvedora back-end Cassia Monteiro.

“Os eventos de tecnologia voltados para mulheres são de total importância para o cenário atual, já conseguimos muita coisa, mas o caminho ainda é longo”, afirma Andressa Melo, desenvolvedora front-end aqui na 99jobs. “Já participei de alguns eventos deste tipo fora do Brasil e a participação de mulheres por aqui ainda está bem abaixo da média mundial, geralmente não passa de 10%. Na sala de aula é a mesma coisa, de 45 alunos, éramos apenas 4 mulheres. Quanto mais mulheres se engajarem e entenderem a importância da participação em eventos, mais igualitário ficará o mercado de TI.”

Go girls! 😉

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
37

Tags:

Cuida de comunicação e conteúdo na 99jobs, acha estranho falar dela mesma na 3ª pessoa (ué, acho mesmo), sabe de tudo (ou procura no Google) e adora ficar nesse eterno gerúndio 24/7 chamado internet!


Queremos te conhecer melhor. Topa responder 4 perguntas sobre quem é você?

Leva só 1 minuto e 46 segundos :)